no posts
Blog da Mãe Executiva

Daily Archives: 16 de julho de 2013

QUAL A IDADE CERTA PARA SEU FILHO COMEÇAR A ANDAR??!!

Sabe que a minha pequena fez nove meses e ela começou a engatinhar semana passada, mas ela quer mesmo é ANDARRR!! Sempre fica de pé…esta toda toda!!!

Meu filho mais velho coemçou a andar com 1 ano e 1 mês e então surgem as comparações…quando a Antonella vai começar a andar? Será igual ao Miguel?? E de cara concluímos que cada criança tem o seu tempo e que as pessoas não são iguais….então não fique comparando se o seu filho esta andando no mesmo tempo do filho da sua amiga e nem fique ansiosa para que isto aconteça logo…..pois o seu pequeno ou pequena terá o momento dele…ao seu tempo…

Achei este texto nos meus emails e resolvi mostrar para vocês - mamães que estão nesta fase. Este texto é de uma conceituada fisioterapeuta e vale a pena dar uma lida!!

 

Que depende de cada criança todo mundo sabe, mas será que existe um intervalo considerado “normal” antes de se preocupar com atrasos no desenvolvimento motor? A fisioterapeuta pediátrica Fernanda Davi explica as dúvidas da maioria dos pais nessa etapa da vida das crianças.

Graças aos estímulos que recebem dos pais e de todo ambiente que o cerca, as crianças de hoje evoluem mais rápido do que antigamente. E isso é muito natural. Hoje, os brinquedos são mais sonoros, mais coloridos e também bem mais complexos em relação aqueles que nossos avôs brincavam. E claro que criança estimulada com certeza é sinal de vários passos a frente, literalmente. Mesmo sabendo de tudo isso, para os pais que não conseguem parar de comparar o desenvolvimento do seu filho com o de outros bebês, a fisioterapeuta pediátrica Dra. Fernanda Davi, especialista em desenvolvimento e reabilitação motora,deixa um alerta: o ritmo do desenvolvimento motor é muito variável nessa fase de 10 meses a 1 ano e dois meses. Ou seja, um bebê pode andar bem antes e o outro bem depois, sem que o primeiro seja um gênio e o segundo sofra de algum atraso. Para a Fernanda, não existe criança preguiçosa, cada uma apenas tem seu tempo.

“A velocidade não pode ser confundida com inteligência acima da média. No primeiro ano de vida, do ponto de vista motor, a criança desenvolve tudo que será necessário para a vida adulta como sentar, andar, comer sozinho, agachar, subir e descer escadas, tomar líquidos fora da mamadeira ou correr. E tudo isso acontece naturalmente, só não pode os pais se tomarem pela ansiedade e estimular até estressar”, explica.

É comum os pais forçarem para que seus filhos pulem etapas. “A criança precisa aprender primeiro a sustentar a cabeça e o tronco, depois então ela consegue sentar. Ao adquirir força tanto nos braços como nas perninhas, ela se sente capaz de “minhocar” e depois engatinhar. Aos poucos, mais segura, ela fica em pé, dá uns passos e anda. Se os pais procuram antecipar esse momento, seja através do andador, seja por meio de estímulos verbais e físicos, ela pode até vir a andar antes. Mas tanto a musculatura como a sua estrutura emocional podem não estar ainda tão maduras. Sendo assim, algumas quedas e tombos poderão deixá-la insegura para futuras explorações. É extremamente importante respeitar a faixa etária da criança sem se preocupar se está cedo ou tarde para ela andar, afinal crescer e se desenvolver tem que ser um processo extremamente natural”, alerta Fernanda.

Fernanda Davi

Fisioterapeuta formada pela Universidade da Cidade de São Paulo. Especialista em Fisioterapia Pediátrica e Neonatal pelo Instituto da Criança/ Hospital das Clinicas – USP. Residência em Fisioterapia Neonatal pelo Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros e pós Graduada pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Graduada pelo método Cuevas Medek Exercise (CME II) – Chile.

BJKS E UMA SEMANA ILUMINADA

COM CARINHO

DANI

Postado em TEXTOS | Leave a comment